Esqueceu sua senha?

Não tem problema! Escreva seu CPF no campo abaixo e você receberá um e-mail.

Verifique seu e-mail!

Enviamos um e-mail para: emaildosusuario@mail.com

Ah! Não esqueça de ver sua caixa de spam!

Caso haja algum problema, ligue para 0800 643 0401

Blog do Sebrae/SC

Voltar
shutterstock 117241141 - Mulheres empreendedoras – e inspiradoras

Mulheres empreendedoras – e inspiradoras

PUBLICADO EM 4 de Março de 2016

Na próxima semana, é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Em nosso último post, abordamos um pouco das conquistas de mulheres e seu espaço no empreendedorismo. Hoje, falaremos um pouco das empreendedoras de sucesso, que podem servir de inspiração. E por que não, iniciativas que colaboram para que as mulheres percebam seu potencial de empreender? Confira!
Sônia Hess – Dudalina
A história da empresa começou com os pais de Sônia, seu Duda e dona Lina. Seu Duda viajou para São Paulo, com o objetivo de repor o estoque de sua loja. Na ocasião, adquiriu excesso de um tecido. O que poderia significar prejuízo foi uma motivação para dona Lina iniciar a produção das peças de maneira independente, sem que houvesse necessidade de apenas revendê-las. Pegou uma peça que comercializava em sua loja, percebeu como era feita a costura e o corte e teve uma ideia: contratar costureiras para fabricá-las, ao invés de compra-las prontas.
A adversidade virou oportunidade. E Sônia assumiu brilhantemente o comando da empresa catarinense, que hoje é considerada a maior exportadora de camisas do país.

Luiza Trajano – Magazine Luiza
Nascida em uma família de vendedores, a veia para o empreendedorismo sempre existiu. Natural de Franca/SP, aprendeu valores essenciais de uma empresária com a mãe e com a tia, que também se chamava Luiza. Sua experiência no varejo – a rede de lojas Magazine Luiza era dos tios – colaborou para ter visão do negócio e empatia com os funcionários. Luiza Trajano conseguiu somar percepções e experiências e fez de sua rede de lojas uma das maiores varejistas do país.
Empatia e incentivo entre elas
Empreender pode ser difícil. Quem dirá em um ambiente predominantemente masculino. Pensando nisso, Júlia Machado, 32 anos, Ana Locks, 28 anos, e Mariana Scaff, 22 anos resolveram incentivar o empreendedorismo feminino na área de tecnologia, em Santa Catarina. O grupo Anitas busca a troca de experiências e conhecimentos, com o objetivo de apoiar e disseminar outras iniciativas que visam a capacitação. Os encontros já envolveram mais de 200 mulheres, que possuem interesse pela área. E a intenção é expandir ainda mais.
Com informações de: Endeavor e Diário Catarinense

Comentários


Ver mais comentários

Você precisa estar logado para comentar! Cadastre-se ou faça seu login!